segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Vera Barbosa nas Meias-Finais dos 400m Barreiras

400 metros barreiras tiveram uma portuguesa inspirada.

As meias-finais dos Jogos Olímpicos já são uma realidade para Vera Barbosa, que ontem voltou a tirar uma fatia ao seu recorde de Portugal.

Não serão as primeiras meias-finais para Vera Barbosa, mas para a portuguesa a importância de, na sua estreia olímpica, alcançar logo o estatuto de semi-finalista, acaba por ser um justo prémio, ela que já no Europeu de Ar Livre, em Helsínquia tinha melhorado o recorde de Portugal. Hoje a barreirista portuguesa tinha de chegar a um dos quatro primeiros lugares da sua série para ter passagem direta e não só conseguiu, como arrecadou o terceiro lugar, atirando para fora da zona de passagem direta a checa Denisa Rosolová, que acabaria mais tarde repescada. Com o tempo de 55,22 segundos a portuguesa acabou por retirar 58 centésimos ao anterior recorde, uma diferença significativa que agora tentará dignificar na meia-final, que se disputa já amanhã. ”Estar aqui e ter batido o recorde pessoal e nacional já é muito bom. Estar na meia-final é já a concretização de um sonho”, disse a portuguesa no final, ela que preparou estes Jogos Olímpicos com um estágio em altitude, em Serra Nevada. A atleta agora sonha com a final, embora este possa ser um sonho complicado, mas não impossível, dependendo da recuperação das atletas que hoje estiveram nas eliminatórias. Em Helsínquia a portuguesa evidenciou cansaço, mas a história não tem de, necessariamente, repetir-se...

Ontem a portuguesa foi só batida, na sua série, pela norte-americana Lashinda Demus (54,60) e a ucraniana Hanna Titimets (55,08), derrubando outras atletas de nível reconhecido internacionalmente, como a russa Elena Churakova (55,22), a checa Denisa Rosolová (55,42), ou a dinamarquesa Sara Petersen (56,01), felizmente para estas todas repescadas, o que significa que esta foi globalmente a série mais rápida. Aliás, Vera Barbosa ficaria com o 12º tempo entre as presentes nesta eliminatória...Treinada por Carlos Silva a portuguesa Vera Barbosa tem apenas 23 anos e um futuro que pode ser interessante pela sua frente.

As meias-finais serão disputadas hoje e a portuguesa já tem lugar marcado na pista 9, logo na primeira série, disputada às 20:15. Terá como adversárias Lauren Boden (Austrália), Elodie Ouédraogo (Bélgica), T’erea Brown (EUA), Natalya Antyukh (Rússia), Nickiesha Wilson (Jamaica), Zuzana Hejnová (Rep. Checa) e Hayat Lambarki (Marrocos).

RESULTADOS (400 m Barr. – Ronda 1) – Jogos Olímpicos
1. Natalya Antyukh (Rússia) - 53,90
2. Zuzana Hejnová (Rep. Checa) - 53,96
3. Kaliese Spencer (Jamaica)- 54,02
...
12. Vera Barbosa (Portugal) - 55,22




Fonte: atleta-digital.com